O pai e o filho

Ontem não estava muito bem e o Anthony com a corda toda, fato, fatissimo da maternidade, o dia em que você estiver mais cansada, doente, etc, será o dia em que seu filho tirará um “cochilo” de 4h30 durante a tarde…pode rir, eu sei que você se identificou com isso!

Pedi para o Anthony deitar comigo e me contar uma história, meia noite meu marido chegou e perguntou se ele não queria ir para a sala com ele, não só ele quis como foi todo feliz e saltitante (literalmente) para a sala.

Eles quebraram um pires, e combinaram que não contariam a ninguém…(ideia do Anthony), e não contaram mesmo, eu que ouvi a conversa entre as cochiladas.

Brincaram de montar.

Assistiram desenho.

Riram, conversaram e se divertiram muito.

Ontem eles estreitaram os laços, reforçaram os elos e me fizeram derreter de amor.

Fui dormir com o coração leve e cheio de gratidão, por poder assistir de pertinho o quão linda é a construção do relacionamento entre um pai e um filho e o quanto meu marido tem se esforçado para ser um pai melhor a cada dia.

Ser mãe…

Consigo lembrar com riqueza de detalhes o dia em que descobri que estava grávida, dois dias de atraso, um sonho do marido e uma certeza muito forte no meu coração, antes de ver o resultado do teste da farmácia, eu já sabia, sentia sua presença comigo.
Desde esse dia tenho aprendido a ser mãe, ser mãe é muito mais do que criar, educar e amar um filho.
Ser mãe é ser corajosa, fervorosa, paciente, persistente, sensível, transformadora, lutadora.
Não há no mundo dor maior do que a de um filho, não há oração mais poderosa do que a de uma mãe.
Mesmo quando todos desistem a mãe permanece, em pé, lutando, sem demonstrar para ninguém seus ferimentos.
Todo o esforço, todo o cansaço, toda a dor, se esvaem diante do sorriso de um filho, diante do afago de suas mãos e do reconforto de seus abraços.
Ser mãe dói, cansa, machuca, transforma, mas também liberta, reinventa, fortalece e engrandece.
Ser mãe é o melhor presente que Deus me deu.
À todas vocês, guerreiras corajosas, mães amorosas…
Feliz Dia das Mães!

blog2

Desfralde

Retirada de: http://educarparacrescer.abril.com.br/imagens/comportamento/desfralde.jpg

 

E com 2 anos e 2 meses o Anthony estava desfraldado.

O processo do desfralde foi concluído com sucesso em 5 dias, sem choro, sem trauma e com pouquíssimos “acidentes” (leia-se xixi e coco na roupa).

Ele agora usa fralda só para dormir e passa dias sem nenhum escape ou “acidente”.

E se tem uma dica que posso dar é: espere a criança estar preparada.

Todas as outras dicas simplesmente não funcionam sem essa.

Não acredito que exista uma idade certa, cada criança tem seu tempo, seu próprio ritmo, e acho uma injustiça sem tamanho querer padronizar isto, não é porque seu filho tem dois anos que ele tem que deixar de usar fralda.

Comparar pessoas é uma injustiça, comparar crianças então é no mínimo cruel, não há um botão mágico dentro das crianças que aciona o desfralde quando eles fazem dois anos, então porque estabelecer uma idade para um processo que deve ser natural?

Tentamos tirar a fralda dele quando ele fez dois anos, por duas vezes, e as duas foram um verdadeiro fiasco, ele simplesmente não estava preparado, e confesso com muita vergonha e cheia de culpa que essas duas tentativas só aconteceram por que estava cansada das cobranças, de escutar que o filho do ciclano tinha 1 ano e 8 meses e já não usava mais fralda, o filho do beltrano com 1 ano e 6 meses pedia para ir ao banheiro…

Sei como as cobranças e comparações incomodam e até magoam, mas quando eu entendi que o desfralde só daria certo quando o Anthony estivesse preparado ficou muito mais fácil lidar com toda a pressão vinda das pessoas.

A creche enviou um bilhete no caderno avisando do desfralde com um panfleto cheio de informações, passei o dia anterior dizendo para ele que no outro dia ele ficaria sem fralda, comprei junto com ele cuequinhas e expliquei que agora ele faria xixi e coco no banheiro como a mamãe, o papai. E o primeiro dia sem fralda foi um sucesso, só escapou xixi na roupa uma vez, e assim foram seguindo os dias, com no máximo um “acidente” por dia.

Ele pede para ir ao banheiro algumas vezes, mas na grande maioria nós temos que lembra-lo de que está na hora, fazemos isso de 30 em 30 minutos, e não tem mais acontecido nenhum “acidente”.

Esperar o tempo dele foi a melhor e mais acertada escolha que fizemos.

 

 

 

 

Precisamos falar sobre o machismo!!!

Eu poderia vir aqui contar sobre  o desfralde, sobre o desenvolvimento do Anthony ou sobre a loucura que está sendo cuidar de filho, casa, marido and cachorra filhote super ativa! Mas algo tem me incomodado muito e eu não consigo simplesmente passar por cima.
Já é tão complicado ser mulher e nem vou enumerar todos os milhares de motivos, e fica ainda mais difícil e doloroso quando vejo mulheres sendo machistas, naturalizando o machismo e demonizando o feminismo, porque é tão difícil criar uma rede de apoio?
Você concordar que a máquina de lavar fez mais para as mulheres do que o feminismo é muita muita falta de informação, é cuspir no prato que comeu, se hoje temos espaço na politica, na internet, no mundo, é graças a essas mulheres feministas que foram lá e lutaram por isso, você não concordar com o movimento é um direito seu, agora desmerecê-lo é no minimo muita injustiça.
Dezenas de mulheres são estupradas, assediadas, assassinadas e espancadas diariamente.
Mulheres ganham menos que homens para trabalhar na mesma função.
Quem dera eu estivesse inventando tudo isso, uma rápida pesquisa no Google embasa tudo o que acabei de escrever.
Tem muita coisa que não concordo dentro do movimento, alguns pontos ainda são muito confusos para mim, mas um fato é crucial para que eu me declare feminista, sou  mulher e entendo que juntas somos muito mais fortes!
Entendo que ser feminista é lutar por igualdade, por respeito, por liberdade, e que ser feminista não me impede de usar maquiagem (embora eu não use), de ser romântica, de cuidar da casa e de ser mãe.
É preciso parar de tratar o machismo como algo natural, não é e não deve ser, e tem de ser combatido desde sempre, busco educar o Anthony para que ele se torne um homem íntegro, que respeite à todos, que não trate as mulheres como objetos e que entenda que todos temos direitos e deveres iguais! E fica aqui o meu desejo para que em todas as famílias seja assim!
Porque hoje eu não desejo para as mulheres flores ou bombons, eu desejo respeito, eu desejo igualdade!

Há uma década…

Hoje faz 10 anos que conheço meu marido.
Nos conhecemos em um bate-papo na internet e desde então nunca mais nos desgrudamos.
É claro que existem brigas, não somos perfeitos, tem muita lágrima, mas tem também muito sorriso.
E esse amor me deu o maior e melhor presente que eu poderia ter, o meu sol!!!
Dizemos que este é o nosso aniversário de amor <3!
Aqui comemoramos aniversário de amor (data em que nos conhecemos), aniversário de namoro (nosso primeiro beijo) e aniversário de casamento, nem que seja com um jantar feito em casa mesmo, só não pode passar em branco.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Há uma década nossa história de amor começava a ser escrita.
Há uma década conhecemos o melhor e o pior de nós.
Há uma década renovamos todos os dias o nosso amor e a nossa escolha de estarmos juntos.
Há uma década nossos sonhos são vividos e construídos em conjunto.
Há uma década as decepções e tristezas são divididas tornando-se mais suportáveis.
Há uma década você tem sido um presente de Deus para mim e há uma década eu agradeço à Ele todos os dias por isso.
Há uma década eu sou muito mais feliz e realizada!
Feliz 10 anos de amor Emoticon heart!
Te Amo Infinito!